Arquivo

Archive for the ‘Refletindo’ Category

Despedida

agosto 4, 2010 3 comentários

Neste final de semana que passou eu fiz a minha despedida.

Despedida é algo muito engraçado, porque você convida as pessoas mais próximas, as pessoas que você gosta e que tem um carinho. E é muito bacana você ver todos reunidos, ou quase todos. Mesmo que seja de grupos de amizades diferentes, ver todos reunidos não tem preço.

Obrigado a todos por terem ido e aos que não foram…

Repetindo: Muito obrigado a todos que foram, vocês são mais importantes que imaginam. Obrigado as pessoas que ligaram e falaram que podem contar pra o que der e vier… Obrigado mesmo. Eu não vou citar nomes porque a lista é grande e esquecer qualquer nome seria muita injustiça da minha parte, mas vou citar os nomes dos meus familiares e dos amigos que me incentivaram e acompanharam essa “trajetória”

Mãe -> Sem palavras, apesar de estar mais nervosa do que eu, tem me incentivado tudo, praticamente meu porto seguro.

Valter/Dô -> Vocês são fodas obrigado pelo apoio moral e principalmente pelo sentimental. Dô, obrigado pelas palavras de incentivo de ser “ROOTS” na europa, você passou isso pra mim com as suas histórias de Barcelona. Valter, valeu pelo sentimentalismo e sei que posso contar com você em qualquer quesito, e eu sei que mesmo que você não tenha recursos pra me ajudar, quando o bixo pegar você vai dar um jeito e vai me ajudar.

Pê -> Apesar de estar sendo um momento muito dificil para nós, você foi a que mais me incentivou… Me espelho em, você em muitas coisas, fique sabendo disso. Você que de certa forma me empurrou… Obrigado por ter entrado na minha vida e obrigado por participar dela hoje e espero agradecer por ter participado amanhã também.

Narezzi -> Estava por fora de tudo até que decidiu ir de uma hora pra outra, acho que não teria parceiro melhor pra me acompanhar no começo dessa trajetória tão importante

Portuga -> Apesar de falar “VOCÊ É LOUCO ‘DE FAZER ISSO?!”, sempre me apoiou, sempre puxou minha orelha nos momentos certos. Acho que não poderia ter encontrado uma segunda familia melhor (como vc citou na msg depois da nossa colação de grau). Fique sabendo que te amo e realmente te considero como parte da minha familia, no que precisar de mim, tamo junto.

Alemão/Branco/Sk8 -> Bando de zeradores que eu amo pra caralho. Estão sempre lá nem que seja pra chorar, pra ouvir, pra dar conselhos ou pra passar um ano novo zuado ou pra beber cerveja gelada.

Fê -> Parcerasso… Sem comentários, de verdade. Nestes ultimos tempos foi o que mais escutou as minhas choradeiras e vice-versa, sentirei a sua falta. Mas fique tranquilo, não serei que nem o Hans não, entrarei em contato. Te amo porra…

Tia Adri/Tia Gegé/Tia Angela -> Obrigado pelo apoio incondicional e pela ajuda que tem me dado. Espero a visita de vocês, não poderia ter “segundas mães” melhores do que vocês. Tenho orgulho de fazer parte dessa familia e de ter a familia que eu tenho.

Brimo/Brima(s) – > Brimo, o cara sentimental que eu nunca vi, todo comovido com a minha partida. Relaxa porra, o seu priminho já cresceu e sabe se cuidar sozinho, relaxa… Brima (Rô) não tenho duvida que agente vai se encontrar lá, uma brima que não é só brima, é uma amiga… Brima (Bia) apesar de ter os nossos pega lá pra cá, sentirei a sua falta de vc entrar no quarto e me acordando, te gosto mto briminha e juizo nessa suas festinhas da vida ai hein..

Outros -> Desculpa se não citei alguem aqui, mas se citasse todos ngm ia ler e todos iriam ficar de saco cheio.

Obrigado a todos por existem, sentirei a falta de vocês sem duvida nenhuma.. Segue algumas fotinhos, depois vejo de disponibilizar no picassa as fotos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Bjoks

Anúncios

Sentimentos/Sensações/Pensamentos…

julho 22, 2010 3 comentários

Opaa..

Decidi que a partir de hoje vou escrever, ou tentar escrever, tudo que eu sinto, tudo que eu penso… Eu acho que é esse o objetivo do blog mesmo…

Minha cabeça está a mil por hora… Com a mistura de muitos sentimentos, alguns bons e outros nem tão bons… Já deu pra notar que minha cabeça esta a mil por hora… E nada muito claro…

Vocês que tem acompanhado meu blog, já perceberam que eu encontrei uma pessoa muito muito muito foda… Que eu não esperava que ia encontrar tão rapido assim e que não que essa pessoa existisse… Nunca tinha sentido isso… Só o fato de vc estar ao lado da pessoa ela te faz bem, independente do lugar que você esteja…

E isso tem batutado muito na minha cabeça, em nenhum momento passou pela minha cabeça em deixar de viajar por causa dela, mesmo porque se eu fizesse isso, ela mesmo me largaria… Mas fico pensando no que vai ser, se vai dar tudo certo e etc…

E cheguei a uma seguinte conclusão: Quando o “negócio” é seu, é seu e ponto final, nada vai mudar…  Não interessa se você vai estar aqui ou ela vai estar lá… Se você é rico e ela é pobre… Se você é um Montecchio e ela uma Capuleto…  E isso tem me confortado porque eu acho que é verdadeiro… Pelo menos espero…

Mas a vida é uma caixa de surpresa, muita coisa pode acontecer, não só do meu lado mas no dela também… Vai saber se amanhã ela conhece um “sussu dois”, nunca sabemos… Mas se ficarmos pensando nisso não vou curtir o momento… É isso que eu tenho tentado fazer, curtir o momento… Nunca fui tão feliz com uma pessoa como estou hoje, então vou curtir o momento, mesmo que seja curto… E é isso que estou fazendo..

Se tenho alguma dica para casais que estão se separando (intercâmbio), curtem o momento, aproveitem as horas, minutos, segundos… Assim você terá mais lembranças…

Sei que falar é fácil e que quandorealmente nos separarmos vai ser foda… Que vou ter momentos ruins, ela vai ter momentos ruins, mas eu acho que isso é normal.. Se for sincero vai dar certo e acredito nisso… e vou atrás disso, posso me arrepender futuramente? Lógico que sim… Mas pelo menos quando eu for durmir, vou colocar a cabeça no travesseiro e pensar: “A minha parte eu fiz” -> Isso não tem preço…

Tenho considerado algumas frases como incentivo: “Não precisa estar perto fisicamente para estar perto de coração”, “Carpe Diem”, “Viva la Vida”, “Não deixe para amanhã o que pode fazer agora” e etc etc etc…

Não sei como vai ser quando voltar, se me preocupo com isso? Lógico que me preocupo. Mas não o que vai ser amanhã, mas sei que vou lutar para que tudo de certo, desistir? Jamais…

Foi mais um desabafo gente…

Tenho muitas noticias do intercâmbio…

Como viagem para Inglaterra, Escócia e Itália.

E um baguiu muito fodástico me aconteceu, um brother daqui do trabalho me deu o ingresso show do U2 (Ultimos ingressos da Europa, maioria dos shows estava esgotado) em roma, por isso estou indo para Itália… Vou pra roma pra ver o show do U2, quem me conhece sabe que eu piro nessa banda… Estou empolgado, mas preocupado com a grana… mas como eu citei… “Carpe Diem” “Viva la Vida” …

U2 360º - Show Fodástico

É isso ai.. depois posto mais detalhes sobre as viagens…

3 semanas para o embarque…

Sentimento do dia: Empolgação e muita frustração. Medo? Jamais.. O que tiver que ser será…

Beijocas e valeu pelos comentários…

Ps.: To mto menininha… Quem convive comigo deve estar estranhado isso…hauhaua

Trips (Menos de 1 mês)

julho 13, 2010 4 comentários

Opa..

Vou tentar deixar isso daqui mais atualizado..

Tenho algumas novidades.

Primeiro em relação as Trips eu, du (Da facul), Kadu (E-dublin, que virou brother), Gustavo (E-dublin, que virou brother) e Narezzi (Da facul, parcerasso, que inclusive era do meu grupo do TGI. Resolveu ir pra dublin faz umas duas semanas e embarcará cmgo), resolvemos e fechamos tudo para a nossa primeira viagem.

Iremos para Londres, a terra da Rainha. Em setembro. Negócio vai ser meio punk.

Vou colocar o itinerário aqui.

Dia 9 – Saida de dublin de manha, atarde Londres

Dia 10 – Londres

Dia 11 – Londres e vai para oxford

Famosa Londres

Dia 11 – Oxford

Oxford

Dia 12 – Winchester e stonehenge

Stonehenger

Winchester

Dia 12 – Volta pra Londres e dorme no Aeroporto (Simmm, dorme no aeroporto, o nosso voo de volta pra Dublin é as 06 da matina na segunda. Assim conseguimos pegar a aula de segunda-feira. Se tivermos condições fisicas e se tudo ocorrer conforme o combinado. Coisa que eu acho muito dificil de acontecer).

Corrido né?! No problems “mochilãozinho” é isso mesmo. Economia, correria e cultura.

Vou falar mais dos detalhes da viagem quando estiver chegando só queria deixar vocês “atualizados”.

Muitos vem me perguntando se eu estou empolgado com a viagem e zaz…

Mas minha resposta é  NÃO.. pensei que estaria na flor da pele. Empolgadasso e etc.. mas estou de boa.. Se vcs querem entender, só ler meu ultimo Post.

É isso ai…

Aaaa, para quem convive cmgo sabia que eu estava juntando umas moedas pra comprar um ipod. Rolou um bolão no e-dublin e o ganhador ia ganhar um ipod, adivinha quem ganhou?! hauaha.. Sim.. estou com muita sorte…

Esses ultimos meses foram muitos especiais: Me formei, Vou viajar, Encontrei uma pessoa muito muito muito foda e ainda por cima ganhei um ipod.

Engraçado que apesar de saber que estou vivendo um momento mto foda eu ainda quero mais. Acho que isso é coisa do ser humano, nunca estar satisfeito. Sempre quer algo a mais. Mas é isso ai.

Desculpa pelo tópico sem foco. Mas eu percebi que tem milhões de blogs falando de como tirar visto, de como conseguir passagem, de como fazer isso, de como fazer aquilo. Então mudei um pouco a cara do blog, vou falar de mim, das minhas coisas, dos meus sentimentos, das minhas sensações. Isso sem duvida nenhuma é único.

Mas ficando bem claro, no que tiverem duvida, só gritar que ajudarei com o maior prazer.

Beijocas…

Stop This Train

Primeiramente, peço desculpas pela minha ausência do blog,  ando mto desleixado com as coisas, vivendo cada momento como se não houvesse amanhã. Neste post vou falar mais de mim Luiz Fernando, vulgo Sussu.

Nesse periodo eu me formei (aleluia), encontrei pessoas queridas, sai com os amigos, viajei e etc..  estou vivendo a vida como se não houvesse amanhã.

Viajo daqui 1 mes para o meu sonho, mas a cada dia que passa eu me pergunto mesmo se esse é meu sonho e se é isso que tenho que fazer na minha vida mesmo. Largar coisas importantes, PESSOAS importantes.

Eu acho que esse “medo” é normal, afinal você esta deixando o conhecido, pessoas que te amam, pessoas que VOCÊ AMA.

Realmente é complicado. Vou deixar muita coisa para trás, principalmente PESSOA(S) ESPECIAIS. Mas não tenho medo de perder, porque pessoas que se amam de verdade não se deixam de amar por um “mero” obstaculo, chamado mar (“Não precisa estar perto fisicamente para estar perto de coração”) . E não tenha duvida que se o sentimento for verdadeiro as coisas permanecerão como estão e nada mudará.

Familia, amigos e etc… Amo vocês. E nada vai mudar. I will back, i promise..

Segue um link de uma música sensacional de uma pessoa mais sensacional ainda que  passou pra mim. E essa musica hoje retrata a minha vida de incerteza, mas me da forças para seguir em frente e aproveitar. Acho que descreve muito bem o momento atual.

**O que tiver que ser será** ** Viva La Vida**            **Carpe Diem**

Experiencia/Aprendizado de quem já voltou…

Opa Galera tudo bem!?

Provavelmente vários de vocês já leram esse texto, mas achei ele muito bacana e incentivador do pessoal que esta para ir ou que acabou de chegar lá.

O Beto Lima do grupo e-dublin voltou a mais ou menos um mes de Dublin e deixou o relato dele. Segue abaixo o texto que ele escreveu, eu achei muito fera.

Bom, depois de  11 meses na Irlanda volto pra casa. Na verdade voltei
dia 08 de maio mas só agora tive tempo pra parar e escrever.

Gostaria de dizer aqui que foi uma das experiências mais incriveis da
minha vida e q recomendo a qualquer um que tenha interesse.

Posso dizer que me sinto muito realizado em todos os aspectos. Conheci
muita gente bacana, conheci muitos países e lugares maravilhosos,
consegui trabalhar na área e meu inglês melhorou muito. Quanto a esta
questão gostaria de deixar uma dica. Com dedicação e disciplina é
possível aprender inglês partindo do zero, porém as coisas se tornam
mais fáceis estudando alguns meses antes e se preparando. Pesquisem
muito bem a escola onde vão estudar, se tem uma coisa que faria de
novo seria justamente a escolha de uma boa escola.

Foi muito enriquecedor também no sentido de conhecer como nosso Brasil
é diferente. Engraçado perceber isso fora do nosso país onde é
possível conviver com brasileiros do todas as regiões em um único
lugar.

Agradeço ao grupo p q foi através dele, que conheci pessoas incríveis,
pessoas do bem p q sinceramente tem q ficar muito esperto com certas
pessoas ai na Irlanda e se possível nunca andar sobre um tapete
srsrsrsr.

Vou sentir ou melhor já sinto saudades dos Pubs do Temple bar e da
augiers st, comer um chicken fillet no Centra depois da balada, das
tardes em Bray e em Howth, do futebol no Phoenix park, das pessoas
esbarrando em vc e dizendo “sorry”, do bus 16A rumo ao aeroporto, das
viagens aiaiaiai as viagens, sem palavras, da tranquilidade de andar
de bike pelas ruas, da pizza Good Fellas do tesco, ( Santo Tesco), das
house parties, das bandas tocando na Grafton e dos churras no apê do
Edu srsrsrsr. Inúmeras coisas que agora não vai ser possível lembrar
de tudo.

Mas uma coisa é certa. é uma experiência sem palavras e que deve ser
aproveitada ao máximo e como diz Mano Brown “eu naum vim pra fazer
peso na terra”. Não foi e naum é nada fácil, mas ninguém disse que
seria não ‘e verdade?

Bom só gostaria de dividir isso com vcs para aqueles que estão indo
fiquem a vontade, se puder ajudar em alguma coisa, dica ou sei lá o
que.

Volto para o Brasil e com as portas abertas pra quem sabe um dia
voltar para Ilha verde ou quem sabe outro lugar .”

O Beto contou um pouco da experiência dele no blog dele. Clique aqui e leia essa história fantástica dele.

Beto no jogo do Brasil (London)

Agradeço especialmente ao Beto por ter liberado o texto para eu postar no blog. E desejo toda sorte a ele para essa nova etapa da vida.

Abraços…

Categorias:Refletindo

Existe Hora/Momento certo para ir?

Vejo várias pessoas discutindo e se perguntando se está fazendo a coisa certa ao largar a sua “zona de conforto” por algo incerto, por algo que possa dar errado, um  tiro que pode sair pela culatra.

E vejo mais pessoas ainda se perguntando se está indo na hora certa com medo do que vai ser quando voltar (se voltar).

Rolou um debate bacana no grupo do E-dublin sobre todos esses aspectos citados ai em cima.

Eu depois de pensar, refletir eu cheguei a uma conclusão. A minha conclusão é que não tem idade certa pra ir e nem momento certo pra ir, que não podemos ficar pensando o que nos espera quando voltar ou com medo do que iremos encontrar. A vida é só uma para ficarmos com arrependimentos e se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é: Se arrependa de ter feito algo e não se arrependa de ter deixado de fazer.

Lógico que essa é minha humilde opinião e vou te falar que tenho seguido ela a risca. Eu acho que esse é meu momento, essa é a hora de largar a “zona de conforto” essa é a hora de se jogar de cabeça no mundo e ver o que me espera.

Tenho 23 anos e se me perguntarem pra mim se essa é a idade certa pra ir, irei falar  NÃO de uma forma bem clara e objetiva. Não tem idade certa para buscar seus objetivos, para ir atrás dos seus sonhos. Um ser humano sem objetivos e sem sonhos é uma pessoa que não tem motivos para viver. Se você tem 17,20,30 ou  40 e está sentindo que essa é a hora. Vá…

Volto a repetir: A vida só é uma, e ela passa rápido demais. Então aproveite ela com a maior intensidade possivel.

Como diz a musica do legião: “É preciso amar  as pessoas
Como se não houvesse amanhã”..

Pensem nisso…

Segue um video que é super famoso, mas infelizmente só tive a oportunidade de ver essa semana.

Beijocas…